Novas armadilhas SpamCop

26/11/13


Spamtraps

Os spamtraps são e-mails armadilha utilizados na identificação de abusos feito por e-mail, desde os mais maliciosos, como tentativas de golpes, até os mais inofensivos, como e-mails enviados sem o consentimento do destinatário.

Os operadores de spamtraps costumam atualizar frequentemente suas redes para garantir a captura de dados suficientes para identificar os abusos feito por e-mail corretamente. Muitos deles trabalham continuamente criando novas armadilhas e as colocam na ativa a qualquer momento e sem aviso nenhum.

No último mês de outubro, a SpamCop colocou para funcionar mais alguns novos spamtraps e diversos remetentes notaram que o número de armadilhas nas suas listas aumentou. Muitos tiveram seus IPs listados na SCBL (Spamcop Blocking List) recentemente.

De acordo com a Spamcop, eles colocaram em ação dois novos grupos de pristine spamtraps. Um totalmente novo e outro antigo, que estava desativado por mais de um ano.

Para se prevenir das armadilhas, o ideal é implementar sempre o double opt-in nos pontos de cadastro, remover contatos que não interagem por um período de tempo determinado e assegurar que os pedidos de remoção estão sendo processados adequadamente. Deve-se tratar o problema holisticamente para garantir que não está enviando e-mails não solicitados e consequentemente não sendo pegos por spamtraps. Se o remetente comprar listas de contatos ou enviar para destinatários inválidos continuamente, estará vulnerável às blacklists.

Caso tenha problemas significantes com spamtraps ou com a qualidade de suas listas, trabalhe com o administrador da sua conta na Target Box para diagnosticar a origem dos problemas de higienização da sua lista.

Os spamtraps são o resultado do problema da aquisição de listas inapropriadamente e da má administração das bases de contatos. A maneira de garantir um caminho seguro para solucionar o problema é seguir à risca as boas práticas de aquisição e gerenciamento de listas, incluindo a prática de double opt-in, removendo endereços inválidos e processando corretamente os pedidos de remoção.

Para saber mais sobre os spamtraps, acesse aqui.

Newsletter

Inscreva-se para receber notícias e artigos sobre e-mail marketing.


* Nome
* E-mail

Twitter