A importância do engajamento no e-mail marketing

31/03/13


Engajamento no e-mail marketing

Em tempos em que o e-mail marketing é uma das ferramentas mais utilizadas no marketing digital, destacar-se perante à concorrência não é uma das tarefas mais fáceis. Com as empresas buscando cada vez mais melhorar os resultados de suas campanhas de e-mail marketing, foi surgindo um termo muito comentado durante os últimos meses, trata-se do engajamento do remetente com o destinatário.

Em e-mail marketing, engajamento quer dizer conseguir a fidelização do usuário. Para atingir este objetivo, é necessário ser relevante no conteúdo de forma que ele goste de receber as mensagens e fique sempre na expectativa de receber os próximos e-mails. Esse comportamento do usuário mostra que a estratégia de envio de e-mails está indo pelo caminho correto, e é percebido pelos provedores dos destinatários que passam a entregar as suas mensagens sempre na caixa de entrada destes contatos que interagem com suas campanhas.

O desafio então é fazer com que o contato interaja com sua peça de e-mail marketing, através de aberturas, cliques e mantendo-se na sua lista para receber mais e-mails, e sempre interagindo com eles. Para alcançar este objetivo, suas campanhas devem ser relevantes ao usuário, que continuará interagindo devido a um real interesse no que você está enviando a ele, dessa forma o remetente será visto com bons olhos pelos provedores de e-mail, e sua reputação como remetente vai melhorando com o tempo.

Portanto, é fundamental que haja interação entre remetente e destinatário para conseguir engajamento e consequentemente obter a entrega das mensagens sempre na caixa de entrada dos usuários.

Dicas para construir engajamento

Engajamento no e-mail marketing

O primeiro passo é conhecer muito bem a sua base de contatos, separar os endereços em grupos de interesses específicos e passar a atuar de forma segmentada em relação a estes grupos. Recomendamos utilizar os relatórios do sistema para monitorar o comportamento dos contatos em relação às campanhas de e-mail enviadas e também dentro do ambiente do seu site. Contatos que já faz muito tempo que não abrem seus e-mails, podem ser interpretados como desinteressados, então mesmo que um dia ele tenha assinado seu mailing, esse desinteresse pode refletir de forma negativa diante dos provedores de e-mail. Estes endereços são conhecidos como "greymails", pois são opt-in, mas as campanhas não estão sendo relevantes para o destinatário, que também não se descadastra da sua lista mas também não interage com os e-mails. Com o tempo, as mensagens começarão a ser entregues no lixo eletrônico deste usuário.

Crie e-mails automáticos (autoresponders), baseados em regras de negócios e ações dos contatos. Busque o real interesse do usuário, verificando também se ele já comprou no seu site no mesmo período do ano anterior, resgatar então essa compra e dar dicas do que poderia comprar neste ano. Se enviar uma campanha oferecendo um produto que o contato já tenha adquirido, passará a impressão de que sua empresa trata a comunicação com os usuários de forma genérica, não se importando com o que cada um deseja especificamente. Estas são formas de manter o relacionamento com o cliente sem massificar, a estratégia é baseada em uma regra de negócios e nos dados do cliente.

Por fim, o ponto de partida para se conseguir engajamento é a utilização das boas práticas recomendadas para o e-mail marketing. A ferramenta não deve ser usada apenas para prospecção, mas também como um mecanismo de comunicação com o usuário. Uma boa campanha tem como objetivo criar relacionamentos duradouros, ser relevante, conveniente, prestativa, informativa, importante, trazer benefícios e ser bem vista e desejada pelos destinatários.

Newsletter

Inscreva-se para receber notícias e artigos sobre e-mail marketing.


* Nome
* E-mail

Twitter